5 maneiras de como lidar com o fracasso de forma saudável

Descubra formas efetivas de como lidar com o fracasso

Sabe aqueles dias em que nos sentimos um grande fracasso? Quando as coisas parecem estar dando errado e que, muitas vezes, até parece que o mundo nos odeia? Pois é, essa situação é mais comum do que você imagina, por isso fique tranquilo, pois o problema não está só contigo.

Isso tudo vem da forma como a gente é ensinado a encarar o fracasso e, a boa notícia, é que com apenas algumas mudanças de pensamentos, as coisas melhoram. Continue lendo e entenda mais sobre o assunto:

5 dicas sobre o que fazer quando você é um fracasso

Antes de qualquer coisa, as dicas a seguir não são uma fórmula que fará a sua vida mudar de repente, na verdade, são maneiras diferentes de ver um mesmo fator, te ajudando a lidar com o possível fracasso da forma mais saudável.

Quebre o paradigma entre o fracasso e o sucesso

Imagem de um grupo de pessoas participando de uma sessão de ajuda psicológica

Na sociedade atual, a ideia de que precisamos sempre estar no topo e que tudo gira em torno disso, é vendida como o caminho para a grandiosidade e a felicidade.

Mas, o mundo real não dividido, ou não é pra ser, entre o fracasso e o sucesso. Por exemplo, se faça as seguintes perguntas: será mesmo que sou um fracasso? Será que o que fiz não é um erro comum? Com isso, você já se aproxima com a realidade.

O que quero dizer com isso é o seguinte: a vida não é um constante jogo em que ou você é ganhador ou o perdedor. Há tantas variantes que influenciam nos acontecimentos do dia a dia, que se culpar por algo ter dado errado é simplesmente cruel. Então mantenha isso em mente, não deu certo agora, mas pode dar certo mais para frente.

Pergunte-se: o que aprendi com o fracasso?

Imagem de um homem com um peso preso na perna

Tente sempre lembrar que o “fracasso” é um conselheiro muito melhor do que o sucesso. Isso porque existe aqueles que caíram na vaidade cega por causa do sucesso, na qual que tudo que eles fazem é bom.

Por outro lado, existem aqueles que acreditam que tudo é ruim, de tanto sentir que fracassaram. Mas, existe uma linha tênue entre esses dois polos, onde é possível parar e pensar o que serviu de lição.

Você já ouviu falar do mito de Sísifo? O homem que foi condenado pelos deuses a carregar uma pedra enorme para sempre? Então, sempre que falam dele é com o enfoque em seu castigo. Mas, o escritor franco-argelino Albert Camus trás em seu livro “O mito de Sísifo” uma perspectiva diferente, com o personagem feliz.

Afinal, se ele já está fadado ao sofrimento, carregando aquela pedra pela montanha, porque não apreciar a vista? Sentir-se feliz pelo vento e pela paisagem.

O mesmo pode ser feito em sua vida. Por exemplo, você falhou em um processo seletivo em um emprego, mas ao mesmo tempo, conseguiu aprender tanta coisa durante esse período de tentativa que agora, suas próximas experiências serão ainda melhores.

Confira também: livros que todo homem deve ler: clássicos da literatura masculina!

Faça uma mudança de perspectiva!

Imagem de um senhor abraçando duas crianças

É meio clichê falar isso, né? Mas ao invés de simplesmente dizer isso e mandar um “boa sorte”, eu vou realmente te explicar o poder dessa atitude. É uma forma de pensar semelhante ao mito Sísifo que você conheceu no tópico anterior, de primeira ele parece super pessimista, mas na verdade, é mais uma visão realista dos fatos.

No mito de Ícaro, por sua vez, o pai do rapaz constrói asas para fugir do labirinto de Dédalo, mas o adverte que esse equipamento não era muito confiável e por isso precisava tomar cuidado com o sol e água. Ícaro não escuta e, ao voar muito perto do sol, tem suas asas estragadas e cai. E, é claro, que sempre representam a queda dele como um marco, o foco da situação toda.

Só que o pintor holandês Pieter Brugel faz uma análise diferente: em “Paisagem com a Queda de Ícaro”, ele traz uma paisagem bonita, barcos, pessoas trabalhando e outras descansando e, só no fundo, ao canto, você vê as pernas de ícaro ao mar, após cair. Naquele dia, a queda do garoto foi só mais uma coisa que aconteceu e não alterou em nada na vida de muitas pessoas.

O que quero dizer é que quando sentir que seu fracasso te colocou em um grande palco, lembre-se que a sua queda foi só mais uma e que ninguém vai te olhar com maus olhos. Se caiu, levante a cabeça, aprenda com esse erro e siga em frente, porque está tudo bem.

Tenha mais autocuidado

Imagem de dois rapazes bem vestidos

Certo, agora vamos falar de cuidar de nós mesmos. Afinal, quando algo dá errado a gente tem aquela tendência de se irritar ou ficar triste com qualquer mínima coisa que acontece, desde chutar a quina do móvel até espirrar água enquanto lava a louça.

Acontece que é nesses momentos que a gente mais precisa de nosso próprio conforto. Você está passando por um momento difícil e algo importante deu errado, então se dê um abraço forte, cuide da sua pele, beba água e se alimente bem. Vista-se melhor, coloque algum colar bem bonito ou um brinco que gosta bastante. Aqui, vale a pena mostrar para si mesmo que independe do que aconteça, estamos aqui para nós mesmos – quer a gente queira, ou não –, então se trate com carinho.

Faça coisas que você gosta!

Imagem de um casal assistindo um programa no notebook

Ainda seguindo na mesma ideia, coloque na cabeça que a sua vida é muito mais do que aquele processo seletivo que não passou, ou do que aquela prova que tirou nota baixa, ou até mesmo aquele relacionamento que não deu certo. É claro que esses fatores são importante para nós, mas não é só isso.

Vá jogar algum jogo de videogame que você gosta, assistir um filme que acabou de ser lançado, praticar algum dos seus esportes favoritos. Encontre-se com os amigos e se lembre de tudo de bom que faz parte da sua vida.

Curtiu? O que achou de nosso conteúdo sobre como lidar com o fracasso? Espero que agora você possa ver as coisas em sua vida de forma mais positiva.

Sobre o Autor

Bruno Camacho

Bruno Camacho tem 30 anos, é formado em Marketing e pós-graduado na área de Neurociência. Sua paixão por moda masculina foi o pontapé inicial para fundar a marca Vorax Acessórios, com o princípio de oferecer acessórios modernos para os mais diversos estilos masculinos.

Pinterest

Sobre o Autor

Bruno Camacho tem 30 anos, é formado em Marketing e pós-graduado na área de Neurociência. 

Deixe um comentário

Este post contém 0 comentários by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022