Como usar anel masculino com estilo

O anel sempre foi uma peça cheia de poder, simbolismo e bom gosto, demonstrando muitas vezes o comprometimento – seja ele afetivo ou quanto à comunidade, à personalidade e o apreço pela estética.

Saber como usar anel masculino vai ser uma habilidade especial para montar visuais poderosos, marcantes e com bom gosto. Por isso, hoje trouxemos uma série de dicas interessantes para você que quer começar a colecionar anéis para agregar ao seu estilo.

Como usar anel masculino nos estilos modernos

As tendências masculinas mudaram em muito na última década, recuperando e mesclando diversos estilos, o que ajudou muitos homens a se encontrarem com sua autoestima e passarem a ter muito mais cuidado com a própria imagem, melhorando como se enxergam.

Entre os diversos itens que compõem esses estilos, os anéis masculinos certamente são parte importante na composição, porque os metais dão um charme especial e solene, só deles, para qualquer look.

Seja entre os estilos mais rústicos, bikers, rockers hype e tantos outros, existe sempre aquela peça que vem selar a composição com um material novo e distinto e, apesar de cada estilo ter suas particularidades, há sempre aquelas regras universais de dress code que ajudam a guiar na hora de compôr algo original para o visual. Olha só essas dicas:

Comece com o básico

Na hora de começar a fazer suas composições de estilo, comece aos poucos. Compre alguns anéis com materiais, temas, cores e espessuras que te agradem mais, sempre pensando nas peças que combinariam com eles.

Mesmo que seu estilo seja mais detalhado e agressivo, que goste de caveiras e tons complexos, vale a pena começar com o bom e velho anel de prata, ir usando em situações mais casuais do dia a dia, para ir se acostumando e testando seus looks.

E se você curte um estilo mais minimalista, experimente ir variando no metal, optando por peças com banho de ouro, depois com efeitos foscos. Pode ser que você descubra todo um novo jeito de usar acessórios!

O anel tem que se comunicar com os outros acessórios

O estilo é uma soma, uma composição, e seu valor está na maneira como várias coisas pequenas foram combinadas, e não em uma única peça – esta, por mais que seja um anel masculino estiloso, pode não estar dialogando com os outros itens do seu look.

Muitas composições usam outras peças metálicas, seja nas pulseiras, relógios, brincos ou mesmo na fivela do cinto e demais detalhes. Haver um diálogo entre esses diferentes itens ajuda a criar unidade.

É o mesmo caso clássico do cinto combinando com o sapato e a gravata; você cria camadas de combinações, e elas também se comunicam entre si. É isso que um estilo sólido é construído, com pequenos núcleos que criam uma coesão ao invés de uma série de peças que, por mais que sejam bonitas e interessantes, pedem contexto.

Contexto é palavra. E criando diferentes looks, com diferentes materiais que dialogam entre si, você vai ter muito mais opções para transitar entre todos os ambientes com um estilo que chama a atenção pela sofisticação.

Como usar vários anéis

Depois daquela fase de “teste” na criação de estilos, vale a pena ir experimentando! Assim como o pulseirismo é uma tendência muito produtiva para usar seus acessórios favoritos, tem como usar vários anéis com propriedade, e a regra geral não é tão diferente: contexto.

Se no começo falamos sobre começar com anéis mais minimalistas, agora o interessante é apostar em anéis mais extravagantes que sirvam como ‘base’ para os demais anéis. Você usa aquele anel que curte como uma peça central e agrega outros menos chamativos para completar a identidade daquela peça.

Ir sobrepondo padrões ao redor de um centro é uma tendência comum em todos os jeitos de fazer arte.

Você pode tanto usar uma peça no dedo médio e outros anéis com materiais e efeitos similares quanto usar outros anéis menores no mesmo dedo, ao redor do anel principal, como no caso dos aparadores de aliança, mas de uma forma mais radical.

As possibilidades são muitas, e cada estilo tem aquele seu coringa em relação aos efeitos, materiais e formatos.

Atenção ao tamanho da mão

Usar vários anéis é uma técnica interessante para criar estilos irreverentes, mas além da criatividade, ela exige bom senso, como falamos no início: contexto é fundamental para todas as peças dialogarem entre si e formarem um centro no estilo.

Às vezes a espessura do anel, sua pedra ou seu centro podem ter um tamanho inadequado para a sua mão, mesmo que sejam mais discretos, e essa desproporcionalidade pode fazer sua mão parecer ainda menor, quando o interesse é justamente o oposto: valorizar as mãos.

Da mesma forma, mãos muito grandes com anéis muito pequenos podem deixar a desejar naquele efeito mais expansivo, e fazer a mão parecer desproporcionalmente grande.

Leve isso em consideração e certamente vai achar pedras e efeitos que façam o melhor pelo aspecto da sua mão.

Aqui no blog da Vorax Acessórios você encontra uma série das melhores dicas de acessórios masculinos para criar estilos únicos, é só acompanhar nosso blog!

Sobre o Autor

Bruno Camacho

Bruno Camacho tem 29 anos, é formado em Marketing e pós-graduado na área de Neurociência. Sua paixão por moda masculina foi o pontapé inicial para fundar a marca Vorax Acessórios, com o princípio de oferecer acessórios modernos para os mais diversos estilos masculinos.

Sobre o Autor

Bruno Camacho tem 29 anos, é formado em Marketing e pós-graduado na área de Neurociência. 

Deixe um comentário

Este post contém 0 comentários