Como usar corrente masculina: saiba como usar com estilo

Se você começou agora a se interessar pelo uso das correntes masculinas, está mais do que preparado para aprender a como usá-las com estilo. Por esse motivo, hoje eu, Bruno Camacho, preparei este guia completo para te ajudar nesta missão. Vamos lá!

 

Como usar corrente masculina? 8 melhores dicas

Corrente masculina em destaque

É claro que o seu próprio estilo e gosto pessoal conta muito na hora de escolher um acessório, certo? Desde que você se sinta bem, confiante e capaz de expressar sua personalidade.

Mesmo assim, com as dicas abaixo, você tem uma excelente maneira de começar a usar correntes e colares no dia a dia, pois te elas te ajudam a usar os itens de uma forma mais efetiva para o visual que busca.

1. Leve em conta a ocasião

A primeira coisa que precisa ser observada quando vamos escolher uma corrente masculina é a ocasião, ou seja, se você está indo para um evento formal com uma roupa esporte fino, a corrente a ser usada precisa ser diferente daquela que você usa quando vai para um barzinho, por exemplo.

Normalmente, quando o evento pede por roupas formais, a recomendação é dar preferência para colares discretos, sejam nas cores dourada ou prateada. Vale a pena também mantê-las por baixo da camisa, especialmente porque ao final da ocasião, quando você já pode tirar a gravata e abrir alguns botões, a corrente aparecendo por debaixo da peça cria uma imagem positiva e tanto.

Por outro lado, quando você estiver se preparando para sair para um local mais informal, o leque de colares é bem mais abrangente, desde os modelos de corrente em aço aos de couro. Nesses casos, a próxima dica vai te ajudar a acertar na escolha.

2. Tenha uma intenção de uso

Digamos que você vai ir para um evento mais despojado e quer ter aquela sensação de ser mais descontraído, descolado e tranquilo: os colares de couro são uma ótima opção, especialmente os modelos com pingentes, como nos modelos de penas, guitarras ou referências à livros.

Por outro lado, se a sua intenção é passar um ar mais sério e maduro, os colares de prata e de ouro conseguem trazer um ar de sofisticação no visual.

3. Equilibre o visual da corrente com a camiseta

A camiseta que você usar vai influenciar diretamente na escolha da corrente, pois é importante trazer um equilíbrio para a composição. Por exemplo, se estiver usando uma camiseta gola careca, os colares precisam ir até a altura do peitoral. Enquanto uma camiseta de gola V pede por um colar mais longo, pois ele aparecerá mais. Nesse caso, você também pode optar pela corrente por fora da blusa, garantindo um visual bem mais moderno.

Os outros tipos de gola que você pode usar com colares mais longos são as polos e as de botão, que também ficam muito bem com a corrente por dentro da roupa.

4. Escolha a corrente baseada no seu porte físico

Essa dica, que é um tanto parecida quanto a anterior, visa o equilíbrio das proporções. Por exemplo, se você tem um pescoço mais fino e ombros estreitos, o recomendado é usar correntes mais finas, pois elas trazem uma ilusão de que o seu corpo é mais amplo. Caso você tenha pescoço e ombro mais largos, o recomendado são os modelos mais grossos.

Vale ressaltar que se você tem um corpo mais longilíneo, ao invés de usar várias correntes finas, você usar um mix variando entre os dois tipos de espessuras. Caso você tenha uma estatura menor, vale a pena usar peças mais discretas no pescoço e aproveitar para trazer o maior destaque para os pulsos.

5. Escolha o tamanho ideal da corrente

Junto com a escolha da grossura da corrente, os cuidados com o tamanho também são essenciais. Isso porque, por exemplo, se você é uma pessoa mais alta, evite colares muito longos, porque eles acentuam essa característica em sua silhueta – essa dica não vale como regra, porém é importante caso você queira trazer um equilíbrio de proporções no seu visual.

Por isso, encontre um tamanho mais adequado para seu porte físico e seu gosto pessoal. Inclusive, aqui no blog eu já fiz um guia de como escolher o tamanho ideal de corrente masculina, clique aqui e confira!

6. Comece pelo básico

Eu trouxe esta dica justamente porque quando a gente começa a usar um acessório, é bem comum demorar para se acostumar e pegar o jeito do uso. Por isso, agora que você está começando a usar correntes, tente começar pelos modelos mais básicos e menos chamativos, que não causam nem muito estranhamento no visual e nem no uso geral. É uma ótima forma de não estranhar tanto a mudança.

7. Com o tempo, encontre seu estilo nas correntes

Depois de começar com o simples, vamos encontrar o modelo que é exatamente a sua cara. Como os acessórios masculinos são usados para expressar personalidade e cuidado com o visual, encontrar pingentes e correntes que sejam o seu estilo próprios, desde os mais simples até os mais exagerados, é essencial.

Então quando for comprar novos modelos, tente procurar aqueles que combinam com boa parte do seu armário de roupas e o seu gosto pessoal. A melhor forma de encontrar o seu tipo certo de colar é testando e explorando, então ignore qualquer insegurança!

8. Complemente com mais acessórios

E por fim, quando estiver incrementando os colares no seu dia a dia, tente explorar também os brincos masculinos, combinações de correntes, pulseiras de diversos modelos e muito mais, para isso existe também um conteúdo bem bacana de como combinar corrente e pulseira!

Agora que você conseguiu entender e aprender bem a como usar corrente masculina, aproveite para conferir também nosso conteúdo de como usar acessórios masculinos no dia a dia. Até a próxima!

Sobre o Autor

Bruno Camacho

Bruno Camacho tem 30 anos, é formado em Marketing e pós-graduado na área de Neurociência. Sua paixão por moda masculina foi o pontapé inicial para fundar a marca Vorax Acessórios, com o princípio de oferecer acessórios modernos para os mais diversos estilos masculinos.

Pinterest

Sobre o Autor

Bruno Camacho tem 30 anos, é formado em Marketing e pós-graduado na área de Neurociência. 

Deixe um comentário

Este post contém 0 comentários by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022 by Bruno Camacho on 1 de fevereiro de 2022